Jardim Botânico de Brasília passa a utilizar o SEI

A partir de 03/05 a tramitação de processos será exclusivamente eletrônica

Desde uma solicitação de férias até o início de um processo de compra de material ou contratação de serviço, todos os documentos e processos produzidos e recebidos pelo Jardim Botânico de Brasília – JBB serão tramitados exclusivamente via SEI – Sistema Eletrônico de Informação. Até mesmo uma comunicação oficial com o chamado “usuário externo” (por exemplo, um cidadão que solicite informações ou precise assinar um documento fornecido pelo órgão público) somente será possível via sistema.

A novidade para o JBB já faz parte da rotina da grande maioria dos órgãos públicos do Distrito Federal. A Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPLAG), responsável pela implantação do sistema, informou que a meta é que até final de maio, todos os 90 órgãos do DF estejam inseridos no SEI. No JBB, o sistema será utilizado a partir de 03/05.

O processo de implantação contou com o trabalho de uma comissão de servidores do JBB especialmente constituída para essa finalidade. Os meses de março e abril foram dedicados ao levantamento de informações para alimentar o sistema, capacitações e sensibilização dos servidores quanto à importância e necessidade da utilização do sistema.

Na palestra sobre o SEI, ministrada pela SEPLAG aos servidores do JBB, no dia 19 de abril, foram destacadas as vantagens do uso do sistema, em detrimento à maneira tradicional de tramitação de processos e documentos.  Entre os pontos positivos do uso do SEI estão a transparência, que possibilita acesso a qualquer processo público; a redução de custos, por exemplo, com papel e gasolina, além da característica de ser um sistema “multiórgãos”, no qual os usuários de diferentes órgãos do GDF podem interagir, enviando e recebendo processos.

Capacitação gratuita

Os servidores podem se inteirar mais sobre o sistema e fazer cursos gratuitos de capacitação à distância. Estão disponíveis os cursos da Escola Nacional de Administração Pública – Enap, da Academia Nacional de Polícia e do Portal do Colaborativismo .

Alguns números do SEI

– A implantação teve início em 2016. Até fim de maio deste ano, o GDF terá 100% dos órgãos públicos inseridos no SEI.

– Meta de redução de consumo de papel = 50%, o que equivale a R$ 2 milhões

– Mais 120 mil servidores com acesso ao SEI

– Mais de 3.200 multiplicadores

– Mais de 8.400 usuários externos cadastrados

– Mais de 1 milhão de processo gerados

– Mais de 4 milhões de documentos gerados.