Fauna Cerrado

O JBB pela sua escala que totaliza 5000 ha de Cerrado em excelente estado de conservação, abriga uma diversidade de fauna que inclui animais de topo de cadeia, a exemplo da onça parda registrada pelas lentes dos pesquisadores que atuam na área.

 As Gerências de Preservação e Monitoramento e Controle do JBB, vêm trabalhando em parceria desde abril de 2013 e atuando em projetos relacionados à preservação da fauna silvestre, auxiliando nas atividades de Educação Ambiental. Alguns projetos estão em andamento e outros em fase de elaboração, a saber:

  • Monitoramento dos médios e grandes mamíferos no Jardim Botânico de Brasília- JBB/ Estação Ecológica do Jardim Botânico de Brasília – EEJBB.
  • Atualização da lista de aves do Complexo Conservacionista do Jardim Botânico de Brasília -JBB/Estação Ecológica do Jardim Botânico de Brasília – EEJBB.
  • Monitoramento e controle de animais domésticos no interior do Jardim Botânico de Brasília – JBB/Estação Ecológica do Jardim Botânico de Brasília – EEJBB.

O Jardim Botânico de Brasília – JBB apresenta uma fauna abundante e diversificada, composta por espécies raras ou ameaçadas de extinção, tais como: tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla), jaguatirica (Leopardus pardalis), lobo-guará (Chrysocyon brachyurus), ouriço-caixeiro (Coendou prehensilis), águia-chilena (Geranoaetus melanoleucus); além de espécies endêmicas como gralha-do-campo (Cyanocorax cristatellus), papagaio-galego (Alipiopsitta xanthops).

A fauna que compõe a biodiversidade do JBB é representada por 77 espécies da mastofauna ( marsupiais, roedores, morcegos médios e grandes, algumas ameaçadas de extinção) ; 257 espécies de avifauna, das quais algumas endêmicas e ameaçadas de extinção; 73 espécies da herpetofauna ( lagartos, dos quais algumas espécies endêmicas; serpentes, algumas espécies endêmicas; anfisbenas, tartaruga e anfíbios, algumas espécies endêmicas).

Além do trabalho desenvolvido por estas Gerências, o JBB mantem parcerias com outros orgãos na realização de solturas e reintrodução de animais silvestres capturados no entorno da Unidade de Conservação – EEJBB.

Recentemente, foi assinado termo de reciprocidade com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade- ICMBio e o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade do Cerrado e Caatinga – CECAT, com a finalidade de ampliar as pesquisas referentes a fauna e flora do Bioma Cerrado. .